Existe uma razão

Eu sei que nem sempre a vida acontece do modo como a gente gostaria. E eu sei que coisas horríveis acontecem com pessoas boas, e que quando isso acontece a gente sente o coração rasgar dentro do peito e nada parece fazer sentido. Eu sinto todas, todas estas dores aqui dentro do meu peito. E eu já fui sufocada pela dor mais vezes do que poderia me lembrar, e eu me levantei - por mais que, em inúmeras vezes, eu tenha duvidado da minha capacidade de fazer isso.
Quando eu olho pra minha vida e para as minhas dores, eu quase nunca consigo entender, logo de cara, o que foi que eu fiz pra conseguir sair do outro lado do túnel escuro. Eu olho pra esses momentos da minha vida e eu preciso avaliar muito bem pra conseguir identificar, em uma ou outra ação minha, o que realmente fez a diferença para que as coisas fizessem sentido. Esta é uma coisa que as pessoas sempre me perguntam: como lidar com a dor?
Hoje eu acho que consigo saber um pouco mais, porque eu posso não saber de muita coisa na minha vida mas de uma coisa eu tenho certeza: nós somos seres espirituais em uma experiência humana. O Universo experimentando a si mesmo. Tudo o que nos cerca é feito de Deus. E, às vezes, aquilo de que a alma precisa nos rasga o peito, porque nossa mente humana não compreende. E como primeiro a gente pensa e depois sente, a vida vira uma bagunça.
Existe um sentido. Existe uma razão. Um dia, eu prometo, todas as suas dores vão fazer sentido. A outra parte da vida vai chegar e você vai ser capaz de ganhar um pouco mais de compreensão sobre tudo o que aconteceu com você. Basta que você se abra.

(Flavia Melissa)

Minha vida muda hoje

Não vou esperar até segunda-feira.
Não vou esperar ter um aumento.
Não vou esperar a virada do ano.
Não vou esperar meu aniversário.
Não vou esperar pra ter a opinião de alguém.
Eu sei tudo o que quero mudar, tudo o que preciso mudar e não vou esperar mais pra fazer isso. Minha vida, minha felicidade só dependem de mim, das minhas atitudes, das minhas próprias decisões.
Ninguém pode viver minha vida por mim, só preciso dar o primeiro passo e vou fazer isso agora.
Tanta gente muda de vida depois de uma doença séria, depois de um grande susto, depois de perder alguém. Triste. Não adie sua vida. Se você quer ou precisa mudar, faça isso agora.

Eles promovem o bem

Adoooro esse povo com ideias geniais pra divulgar ou espalhar coisas boas por aí, aqui seguem algumas páginas que sigo há algum tempo. Vale a pena prestar atenção nelas!

Razões para acreditar
Sabe aquele tipo de notícia que faz você dá uma boa renovada na esperança e dizer: é, ainda tem jeito! Sempre com exemplos de gente que faz algo pelos outros ou transforma aprópria vida fazendo o bem. Merece uma visita diária!

Indiretas do bem
A primeira vez que visitei a página no facebook já era um sucesso, lembro de ter pensado: Como não tive essa ideia? São recadinhos diários que nos fazem ver o lado bom das coisas, reparar nos detalhes bons da vida. Têm livros, instagram... Ótimo!

Só notícia boa
Um dia, não estava muito feliz e digitei no google, "notícia boa" então descobri esse site. Super recomendo!

Caçadores de bons exemplos
É exatamente isso, eles viajam buscando e divulgando gente que faz a diferença na vida de outras pessoas.

Gari que criou filha sozinho a forma em medicina

Após perder sua esposa, mãe de sua filha Aline de Castro Pereira, hoje com 26 anos, quando ela ainda era pequena para um câncer de estômago, ele passou a exercer seu principal papel no mundo: de pai e mãe. Para chegar no dia maravilhoso que está por vir, Tales trabalha como gari em Goiânia, profissão que permitiu cuidar de sua filha e garantir seus estudos que hoje se tornaram uma orgulhosa graduação em medicina.

A futura médica não poderia ter feito mais bela homenagem à dedicação de seu pai e em seu convite de formatura, a foto escolhida é ao lado dele junto com a dedicatória:

“Ao meu pai, agradeço profundamente por ter vivido cada dia comigo, se desdobrando para ajudar a cumprir minhas obrigações e se preocupando com meu bem estar e me amparando com as mais diversas formas de amor. Você é meu maior exemplo de luta e determinação para vencer na vida”.
“É muito emocionante. A gente fica todo derrubado. Fiz minha parte e ajudei. Agora ela vai colher os frutos. Ela é uma joia. Para chegar onde chegou, é uma guerreira”, elogia o pai do ano.

Segundo a Aline, foi a doença de sua mãe que a motivou a seguir a carreira médica, e que pretende se especializar em gastroenteorologia.

Graças ao suor do trabalho duro de Tales, ela cursou apenas colégios particulares e o resultado foi a aprovação em três vestibulares: Escola Superior de Ciências da Saúde, no DF, Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Universidade Federal de Goiás (UFG), onde fez o curso.
Ela se recorda do momento em que soube da aprovação. “Ele ficou na expectativa com um radinho de pilha, à moda antiga, esperando sair a lista. Quando eu vi na internet, foi muita emoção”, lembra.

Por Ana Victorazzi em Razões para acreditar

Rebobinando o passado

Poderia ter sido diferente! Mas, e se eu tivesse dito aquilo, feito assim?? E se eu tivesse ido lá?
Não foi. Não disse, não fez. Ficou.
Para o nosso próprio bem, é preciso parar de ficar imaginando o "e se". Voltar para o passado em pensamentos não faz bem pra ninguém, não digo os bons memomentos, uma saudade bonita... Mas ficar se culpando com todas as possíveis situações que poderiam ter sido diferentes, é pura tortura! Tem gente que faz isso o tempo todo e não se dá conta que vai virando uma bola de neve, então daqui a alguns anos, vai dizer " e se eu tivesse me preocupado apenas em viver"... Porque é exatamente isso. A gente só precisa viver o presente. O passado não volta! Você fez tudo o que pôde com o que sabia, fez as escolhas que te cabiam naquele momento, se errou, serviu como aprendizado, assim é a vida pra todo mundo. Siga em frente, viva o presente, recomece, reescreva do jeito que vai querer lembrar depois. *Foco no presente*