Açougue Cultural

Descarnando arrobas, passando páginas. Vendendo carne, emprestando livros. Luiz Amorim criou o primeiro açougue-biblioteca do Brasil.
Fazer da cultura um ato concreto não é fácil, mas a obsessão de levar o livro até o leitor pode superar a falta de tempo das pessoas, a falta de dinheiro e todas as outras limitações da vida urbana se a biblioteca estiver, por exemplo, na próxima parada.


As bibliotecas estão instalados nas próprias paradas de ônibus de toda a Avenida e emprestam livros a qualquer cidadão sem exigir documentos nem preenchimento de algum cadastro. Os livros estão acondicionados dentro de um armário-estante, especialmente projetados para este fim, e em prateleiras abertas. 


Tem também biblioteca dentro do próprio açougue, noites culturais, musicais, encontro de escritores...
Cada um faz sua parte ele com certeza está fazendo a parte dele!!!


O site do açougue cultural: http://www.t-bone.org.br 

Nenhum comentário

Postar um comentário