A covardia ocultada na culpa

Nos sentimos culpados por tudo que há de autêntico em nós; por nosso salário, nossas opiniões, nossas experiências, nossos desejos ocultos, nossa maneira de falar – nos sentimos culpados até mesmo por nossos pais e nossos irmãos.
E qual o resultado? Paralisia. Ficamos com vergonha de fazer qualquer coisa diferente do que os outros estão esperando de nós. Não expomos nossas idéias, não pedimos ajuda. E justificamos isto, dizendo: “Jesus sofreu, e o sofrimento é necessário”.
Jesus atravessou muitas situações de sofrimento, mas jamais procurou permanecer nelas. Não se pode ocultar a covardia com desculpas deste tipo, senão o mundo inteiro não segue adiante.
(Paulo Coelho)

Nenhum comentário

Postar um comentário