Namoro...

Namoro não é posse…
Namoro é muito mais que isso…
Namoro é cumplicidade, é respeito, é confiança, é companherismo, é carinho, é amizade, é lealdade, é sintonia, é sinceridade.
O amor quando de verdade é livre…
Claro o ciúme existe… Quando a gente gosta a gente cuida, mas esse ciúme não é aquele que sufoca, que prende.
O verdadeiro companherismo sabe respeitar a individualidade do outro.
Namoro não é dependência, é complementação!

(Si Schurhaus)

Um comentário