O nosso maior medo

"O nosso maior medo não é que sejamos inadequados. 
O nosso maior medo é que sejamos poderosos além da conta. 
É a nossa luz, não a nossa escuridão, o que mais nos assusta. 
Os atos insignificantes não servem para mundo. 
Não há nada esclarecido em se encolher para que os
outros à nossa volta não se sintam inseguros. 
Todos nascemos para brilhar, como fazem as crianças, 
Não esta só em alguns de nós, está em todos nós. 
E à medida que deixamos a nossa luz brilhar, inconscientemente, 
damos permissão para os outros fazerem o mesmo.
Quando nos libertamos de nossos medos,
nossa presença automaticamente liberta os outros…” 


(Si Schurhaus)

Nenhum comentário

Postar um comentário