Silencie a voz que tenta derrubar você


Há muitas razões para você ter medo de tentar, muitas razões para falhar, muitas razões para desistir, muitas razões para voltar à sua concha e esperar a vida se esgotar. Aos poucos. Jogando fora um dia de cada vez.
Há muitas razões para desistir.Todas, absolutamente todas, falsas.

Os limites estão em você, não em regras criadas por outros. Nossa sociedades é dominada pela absurda "Lei das Médias". Se a maioria não consegue, tentam fazer com que você acredite que jamais conseguirá. Aleijadinho não acreditava na voz interior que dizia, com toda a lógica do mundo, que "aleijados não poderiam ser escultores". Santos Dumont não acreditou nos compatriotas que insistiam em dizer que "o homem não poderia voar com um veículo mais pesado que o ar". Era lógico, mas era falso. Há muitas coisas nas quais você acredita com lógica, mas que são absolutamente falsas.
É fácil inventar uma razão, um motivo aparentemente lógico, para qualquer coisa. Mas sua vida pode ser muito mais do que um amontoado de desculpas lógicas. Sua vida é muito mais do que qualquer razão para desistir de um sonho. Sua vida é muito mais do que seu passado ruim, suas experiências de dor e seus medos ancestrais. Sua vida é tudo o que ainda virá. Não importam os limites do seu passado, eles não existem mais. Seu futuro pode ser tudo o que você desejar. Escolha os companheiros de viagem... e vá.

E acredite nisto: Sua mente e seu corpo são obrigados a seguirem suas decisões, suas ações e suas crenças.


Extraído do livro "Imaginação é Poder" de Agnaldo Barcaro

2 comentários

  1. sabe qual a parte mais dificil, escolher os companheiros, pq as vezes vc escolhe alguem que nao quer seguir com vc, as vezes algumas pessoas ficam no caminho por um motivo ou outro, as vezes vc se torna comapanheiro de agluem, as vezes vc precisa se afastar, os companheiros sao a melhor parte e a mais dificil da viagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então escolha os companheiros mentais, ao invés dos companheiros de carne-e-osso.

      Excluir