Após vencer câncer na infância, mulher luta contra doença pesquisando

"Prezado câncer, derrotei você aos 8 anos, e hoje obtive meu PhD em pesquisa sobre o câncer. Toma essa."
Com essa mensagem de twitter, escrita em 22 de Junho, logo após a aprovação da sua tese de doutorado, Vicky Foster comemorou não apenas 3 anos de pesquisas, mas uma vitória de 18 anos sobre a leucemia.
Foster, hoje com 25, foi diagnosticada com a doença aos sete anos. Passou dois anos e meio em tratamento até se curar.
"Graças às pessoas ao meu redor como médicos e enfermeiras, a maioria das minhas lembranças da época eram boas. Mas também lembro de chegar ao hospital procurando por um amigo de cinco anos, que tinha câncer de pulmão e descobrir que ele tinha morrido."
Foster aos 8 anos durante o tratamento
A experiência marcaria a vida profissional de Vicky, desde cedo interessada em ciência e química, a menina de sete anos passava horas conversando com seus médicos, para entender a doença que sofria e os efeitos das drogas que tomava. "Obter esse conhecimento despertou meu interesse em biologia."
Vicky Foster formou-se biomédica e obteve seu PhD após 3 anos de estudos. Agora vai continuar suas investigações no Instituto de Pesquisa de Câncer da Universidade Newcastle. Suas pesquisas focam a leucemia mielóide crônica, especificamente algumas fusões e subfusões que levam a formação da doença. Com isso, espera abrir novos estudos, focados nas prevenções ou no melhor tratamento das mutações.

Fonte: bbc.co.uk/portuguese 
Paula Adamo Idoeta da BBC Brasil em Londres

Nenhum comentário

Postar um comentário