Há pessoas

 Há pessoas que nos fazem ser melhores...
há pessoas que nos fazem sentir o pior do mundo.

Há pessoas que nos libertam...
há outras que nos aprisionam e asfixiam.

Há pessoas capazes de extrair de nós o que há de melhor e mais bonito...
há outras que colocam em evidência toda a nossa imperfeição.

Há pessoas que nos tomam pela mão e nos conduzem...
há outras que nos empurram para o abismo da desorientação.

Há pessoas que semeiam flores de esperança e luz...
há outras que vão colocando espinhos na nossa cruz.

Há pessoas que nos injetam vida, otimismo, confiança...
há outras que aniquilam nosso equilíbrio e esperança.

Há pessoas que nos fazem multiplicar nossos poucos talentos...
há outras que nos fazem enterrar os poucos que supúnhamos ter.

Há pessoas que nos estruturam e nos levantam...
há outras que nos fragmentam e nos desmontam.

Mas às vezes por uma dessas razões incompreensíveis da natureza humana,
descobrimos com espanto que há pessoas que simultaneamente nos elevam e nos abatem...
nos levantam e nos derrubam...
nos apedrejam e passam remédio em nossas feridas.
Mas, nós não somos vítimas passivas desse processo, nós também causamos alegrias e dores, mágoas e alentos, luz e escuridão.

Fátima Irene Pinto
Do Livro: Momentos Catárticos

Nenhum comentário

Postar um comentário