My so called life

Esse foi um seriado que me marcou muito, apesar de ser  exibido nos Estados Unidos 1994, assistia no Sbt no início da adolescência então me identifiquei com a personagem, com apenas 19 episódios, li anos depois que foi considerada uma série muito inteligente para a TV (??) e devido a baixa audiência foi cancelada.
Através dos olhos de Angela Chase (Claire Danes), vemos todas as inquietações de uma adolescente, ela é bem normal, mas muito observadora também, enfrenta diversos questionamentos internos mostrando que a passagem pra vida adulta não é fácil pra ninguém. Longe de ser uma série clichê para adolescentes, você não vai ver a famosa disputa por popularidade, as líderes de torcida malvadas e as festas cheias de fofoca. Convivemos com a encrenqueira Rayanne, a certinha Sharon, o cdf Brian (que é apaixonado por Angela), o homossexual Rickie, sem esquecer do bad boy (amor platônico de Angela) Jordan Catalano.
My so called life lidava com temas sociais importantes do início dos anos 90, como homofobia, alcoolismo na adolescência, não ter um lar, adultério, bullying e uso de drogas, muitos seriados da época abordavam essas questões num episódio especial, que tinha início, meio e fim, mas ali faziam parte do enredo e narrativa da série. Tudo feito de forma muito natural e inteligente. O título é, por si, uma alusão à insignificância sentida por muitos adolescentes (Minha assim chamada vida), aqui no Brasil foi exibido como "Minha vida de cão" vai entender...
****Citações:
"Grandes eventos acontecem no mundo todos os dias. Terremotos, furacões, até mesmo o movimento das geleiras. Então, por que ele não pode pelo menos...olhar pra mim."
"Era uma vez uma menina. Ela dormia numa linda cabana feita de pão de mel e doces. Ela estava sempre adormecida. Um dia ela acordou. Ela acordou..."

Trailer da série:
****A série foi o primeiro trabalho de destaque para Claire Danes e Jared Leto.
Anos depois...

Nenhum comentário

Postar um comentário