Menina distribui "kits de quimioterapia" para crianças com câncer

Madeline Domian criou o projeto em homenagem à sua tia Kathi que faleceu em setembro de 2015, vítima de câncer no sistema gástrico.

Maddie, como prefere ser chamada, recorda-se claramente do quão doente e debilitada sua tia Kathi estava quando ela a visitou no hospital.
Diagnosticada com câncer no sistema gástrico aos 65 anos de idade, Kathi acabou não sobrevivendo e faleceu no primeiro dia de setembro do ano passado. Maddie resolveu que precisava fazer alguma coisa para que as pessoas não se deprimissem tanto durante o tempo em que estavam submetidas às sessões de quimioterapia e radioterapia. Foi então que ela teve a ideia de distribuir um "kit de quimioterapia" com meias, cobertas, lápis de cor, jogos, cremes, balas e chicletes para os pacientes que foram diagnosticados com câncer. "Eu não acho que ninguém gosta de ficar doente, especialmente crianças. Tudo o que elas querem é brincar e se divertir", disse Madeline em entrevista ao site TODAY.com.
Foi através de um concurso para ver qual série, desde o jardim de infância, até a quinta, era capaz de coletar o maior número de itens para serem embrulhados cuidadosamente por ela e entregues ao maior número de pessoas possível. Madeline e seus amigos conseguiram juntar 50 kits que foram levados ao hospital infantil St. Louis na última semana. O mutirão da sua escola vai terminar daqui há duas semanas com um torneio de queimada como premiação, mas a garotinha vai continuar criando seus kits com o dinheiro que está conseguindo online. "Eu espero fazer crianças com câncer sorrirem e que elas percebam que outras pessoas se importam e acreditam que elas podem vencer. Eu acredito nelas," arrematou a pequena-grande Madeline.
Fonte: MdeMulher

Nenhum comentário

Postar um comentário