Os estigmas que carregamos

Estigma: Tudo aquilo que é considerado uma desonra: infâmia, nódoa, mácula, mancha, desonra, descrédito.
Estive pensando sobre como é difícil ver os outros desapegarem dos antigos boatos, comentários, apontamentos... Ou até antigas características do comportamento alheio. Já vi muita gente no decorrer de alguns anos mudar completamente de postura, gostos, costumes, como se fosse outra pessoa mesmo. E ainda assim de vez em quando ouvir aqui ou ali alguém dizendo "eu conheço fulano, ele não é assim" "ele gosta disso" "tá escondendo o jogo"... Por que será tão difícil aceitar que simplesmente podemos mudar?
Quando era adolescente tinha costume de atraso, me atrasava sempre! As vezes tinha a impressão que não importava o que fizesse, sempre chegaria atrasada. Perdi muito por causa desse "costume" e naturalmente decidi mudar. Hoje sou mais organizada, dificilmente alguém vai me ver atrasada e ainda assim alguém sempre lembra de como eu era.
Mulheres que tiveram muitos namorados, hoje casadas, até mães são alvos de cochichos maldosos pelo que fizeram na adolescência, homens que quando mais jovens gostavam de beber e bagunçar, não tem credibilidade para alguns. Nós podemos mudar nossas atitudes e simplesmente deixar para trás tudo o que a gente quiser, desde pequenos comportamentos à opiniões, mas só nossas atitudes são capazes de mostrar o quanto estamos diferentes.


Nenhum comentário

Postar um comentário